Consulte o Mestre Delih, o guru das multidões.
Ele dá conselhos e resolve seus problemas, só nao traz a pessoa amada em TRÊS dias.



Quer mais das damas, seu ser insaciável?
Tambem escrevemos em:

>> Penalidade Máxima - Lila, Giovanna, Fabricio, Jeff, Cris, Arnaldo e João dão pitaco no mundo dos esportes.

>> Clube da Lulu - O nome diz tudo. Ale Felix comanda uma revista de mulheres que gostam de escrever.
 

 

 
  Allan Sieber
Azarão
Baxt
Benett
Biscoitão
Biscoito Fino e a Massa
Bituca
Bocozices
Boi
Blog'n'Roll
CocadaBoa
Comentando
Daniell
De Lingua
Dona Greta
Drops da Fal
Elesbão
FlocGel
Fred Leal
Gulinia
Hazel
Hiro-San
Inagaki
Isso so acontece comigo
Jeff Paiva
Jesus, me chicoteia!
Juca
Karina
Kit Basico da Mulher Moderna
Leis de Murphy
Lia
Malvados
Marina W
Mau Humor
Meditabundas
MegaZona
Melhores do Mundo
Mico na Rede
Montreal
Mothern
Movie Spoilers
Nadaver
No Passeio
O Recheio
Pedro Nunes
Rachel
Rebola Que Acomoda
Roberta
Romulo
Santos Passos
Suburbia Tales
Surra de Pao Mole
TelescOpica
Zander
 
 
 

<< current

 

 

 

verão? vote não!







Content copyright protected by Copyscape website plagiarism search




ma english too bad





Site Meter

Powered by:




 
domingo, 29 de fevereiro de 2004
 



Jesus feito de queijo cheddar pra comer com biscotinhos.
O sucesso da sua festa!



arremessado por Giovanna Cantarelli 6:55:00 PM |


 

MOMENTO GOOGLE

Pessoas estranhas fazem buscas estúpidas e chegam aqui.

Como conhecer uma garota
Quantas vezes a gente tem que explicar... Desligue esse computador, tome um banho básico, ligue pra algum amigo que não seja virtual e saia de casa!

As pessoas defecam quando morrem
E fazem um monte de merda na internet quando estão vivas.

Festa de confraternização da Embratel
Acho que é no dia 21.

Long Dong Silver
O resultado dessa pesquisa é muito extenso, intumescido e cheio de veias para ser mostrado nesse horário.

Abri uma zona
E ganhei um puta dinheiro..

Regras para uma mulher conquistar um homem
Regra? Compre uma caixa de Tampax e espere uns dias.


arremessado por Giovanna Cantarelli 5:15:00 PM |


sábado, 28 de fevereiro de 2004
 

MESTRE DELIH RESPONDE

Mestre,

Por favor, estou com uma dúvida que não me deixa dormir: Deus existe??? Sabe, eu escuto muito Marilyn Manson e estou começando a acreditar nas sua idéias. Por favor me ajude.

The Antichrist


Meu caro,

Deus não só existe, como é profundamente misericordioso. A existência de um ser superior é a única explicação para que uma criatura como você - completamente desprovida de pensamentos sensatos e que acredita no primeiro otário de cara pintada que vê pela frente - tenha nascido humano ao invés de uma lacraia.

Mestre Delih
No calor do verão, até cavalo na bunda sua.


arremessado por Mestre Delih 12:55:00 AM |


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2004
 

...e o Carnaval do Rio continua pegando fogo...

Carioca faz de tudo pra não ter que trabalhar..



arremessado por Giovanna Cantarelli 1:22:00 PM |


 

- Defina felicidade em três palavras.
- Carnaval sem plantão!

**********

Tem um anão vestido de jacaré que desfila todo ano na Unidos do Jacarezinho.
É sério.

**********

Quem vai pagar a terapia da Sasha?

**********

Credencial com acesso à pista já é muito legal. Melhor ainda é conseguir achar Arnaldo Telecoteco e Patrícia Balacobaco mandando ver na bateria da Estácio de Sá. Dei tchauzinho e tudo. Um luxo.

**********

Os grandes enigmas do carnaval:

- Por que todas as escolas têm pelo menos um carro alegórico com escultura de cavalo, não importa qual seja o enredo?

- Por que sempre tem uma escola com uma ala fantasiada de Maurício de Nassau?

- Por que sempre tem uma escola com uma ala fantasiada de índio?

- Por que sempre tem uma escola com um índio e um Maurício de Nassau em cima de um carro alegórico cheio de cavalos?

- Por que? Por que?

**********

Brincadeirinha para ver o desfile pela televisão: gritar *peito* e *bunda* cada vez que um dos dois aparecer na telinha.


arremessado por Giovanna Cantarelli 12:06:00 AM |


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2004
 

Francês engole 350 moedas no valor de R$2.300 reais.

"Os médicos dizem que o francês sofria de uma doença rara chamada "pica" – uma compulsão para comer coisas normalmente não consumidas como alimento."

Pica? Comer coisas que não são alimento? Isso lá em Niterói tem outro nome.


arremessado por Giovanna Cantarelli 10:03:00 AM |


 

Bonequinhos da Bíblia.

Detalhe que o Adão tem umbigo!


arremessado por Giovanna Cantarelli 9:54:00 AM |


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2004
 

Mãe gritando com os filhos na pracinha:

- Joelma! Andraus! Ai, essa criançada é fogo!


arremessado por Giovanna Cantarelli 9:01:00 AM |


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2004
arremessado por Giovanna Cantarelli 10:22:00 AM |


terça-feira, 17 de fevereiro de 2004
 



Quem ensinou essa foi o Will.

Alguém mais consegue ver a cara do Homem-Aranha no logo da Antarctica?


arremessado por Giovanna Cantarelli 11:45:00 AM |


segunda-feira, 16 de fevereiro de 2004
 

MESTRE DELIH RESPONDE


Por quê? Por que? Porquê? Porque?

Mestre, sou analfabeto funcional e gostaria de esclarecer algumas dúvidas:

1ª) qual dos "porques" acima devo usar para perguntar?

2ª) Por quê? ou Por que? ou Porquê? ou Porque? existem blogueiros que vivem criticando quem posta ou faz comentários usando gíria virtual, tipo abreviando palavras ou trokando letras?

3ª) Por quê? ou Por que? ou Porquê? ou Porque? existem blogueiros que chegam ao absurdo de filtrar comentários antes que aparecam ou ainda pior, criam seus blogs sem link de comentários?

4ª) Por quê? ou Por que? ou Porquê? ou Porque? existem internautas que assinam como "o palmitinho no seu bigode", deixam link em sua página para o site do grupo Dominó e insistem em dizer que não são gays?

Ô grandioso guru, me esclareca por favor!!!!!!

Stfex


Meu caro,

Por que você faz perguntas tão cretinas?

Você ainda não se mudou para o Cambodja e trocou de identidade por quê?

Quero saber o porquê de eu ser obrigado a viver no mesmo planeta que você.

Você não merece atenção porque é abjeto.

Deu pra entender ou foi muito rápido para você?

Mestre Delih
Não tem cheiro de farsa, não deforma a sua opinião e, se fosse juiz, não soltava os tiras corruptos.


arremessado por Mestre Delih 7:13:00 PM |


quarta-feira, 11 de fevereiro de 2004
 

A mãe do técnico Carlos Alberto Parreira chama-se Geni.

Preciso dizer mais alguma coisa?


arremessado por Giovanna Cantarelli 9:35:00 AM |


terça-feira, 10 de fevereiro de 2004
 



Finalmente liberado! Mestre Delih, o guru das multidões, enfrenta todas as pressões, bota o pau na mesa, assume a conseqüência dos seus atos e compra uma mesa nova em seis prestações na Toque a Campainha.

Mestre Delih em Roswell - Parte II


Entrei num laboratório onde muitos cientistas trabalhavam. Eles estavam tão ocupados que nem notaram a minha presença. Não sei se aquele cheiro intenso de maconha teve alguma coisa a ver com isso, mas o fato é que me esgueirei sorrateiro, tal qual um traque ensaboado saído do traseiro de um ancião, e consegui chegar à sala dos arquivos.

Ali, tive acesso aos registros das terríveis armas testadas naquele local infernal. Estava tudo lá: as balas Van-Melle, banidas por suspeitas de conter drogas, mas que, na realidade, eram uma experiência para transportar e disseminar vírus mortais entre as crianças. Como, por exemplo, o vírus da vontade irresistível de assistir Pokemón (que mais tarde descobri ser um deus alienígena); os Kikos Marinhos, em principio inofensivos seres que eram criados na água a partir de um simples saquinho com pó, mas que guardavam em sua essência filhotes de alienígenas que deveriam se desenvolver, alcançar a forma adulta e sair do armário, quer dizer, do aquário.

Mas o que mais me deixou aterrorizado foi a descoberta dos arquivos da dupla musical Milli Vanilli. Nos anos 90, os dois cantores foram acusados de apenas dublarem suas músicas. As vozes seriam de outra pessoa. Uma verdade parcial, muito mais macabra em sua totalidade: a voz da dupla havia sido implantada artificialmente com o objetivo de dominar os corações e as mentes dos seres humanos. O refrão "Girl, you know it's true, oh, oh oh, I love you", se tocado ao contrário, significava na língua alienígena "Leve-me ao seu líder, otário". Assim como "Aserehe ra de re de hebe tu de hebere seibiunouba mahabi an de bugui an de buididipi", do Rouge. Se tocada ao contrário, a música é uma saudação à nave mãe.

Nenhuma dessas experiências prosperou porque um dos cientistas teve uma crise de diarréia e consciência e resolveu contar tudo ao mundo, inclusive que tinha uma estranha preferência sexual por frangos de granja.

Os registros informavam que o caso havia sido abafado com a ajuda de importantes órgãos internacionais como Long Dong Silver e Motumbo e que o tal cientista nunca mais conseguiu sentar direito.

Resolvi penetrar um pouco mais naquele buraco. Havia uma outra porta, com pesadas trancas que facilmente abri usando o poder da mente e uma chave universal que carregava para arrombar carros e roubar toca-fitas (bons tempos...).

Mal sabia o que me esperava: o local era mal iluminado, mas pude divisar aquelas cabeças de forma de cone seguidas de corpos roliços e cheios de veias: os ETs estavam ali, vivos, na minha frente!

Para poderem se comunicar de maneira mais fácil, assumiram a forma humana: ficaram todos parecidos com o ator americano Ernest Borgnine. O líder que surgiu do meio deles para marcar sua posição de chefia tinha outra aparência: era igual a Clóvis Bornay.

Tentei esconder minha surpresa e usei a única saudação possível: "Salve! Come-se alguém por seu intermédio?"

O representante dos alienígenas respondeu: "Viemos para dominar a Terra, os seres humanos são imperfeitos e indignos de habitar este planeta".

Tentei explicar que nós humanos éramos máquinas biológicas perfeitas, com cada célula no seu lugar, funcionando em harmonia cósmica. Não fui convincente.

"O que dizer então da criatura que vocês chamam de Michael Jackson?", retrucou o Clóvis incorporado.

Calmamente, tentei argumentar que Michael Jackson era diferente, que ele era uma espécie de índio camarada, amigo da garotada. Disse que Michael Jackson não era feitiçaria, era tecnologia.

A resposta pareceu enfurecer os extra-terrestres, que começaram a avançar em minha direção ameaçando me abduzir. Ciente de que abduzido de bêbado não tem dono, aproveitei-me do fato de que já estava armado há muito tempo e botei minha pistola para fora. Os agressores pararam imediatamente, estarrecidos com o tamanho descomunal e do possível poder daquela forma agressiva.

Novamente, foi o líder quem se manifestou pelo grupo: "Humm, quer pagar quanto?"

Neste momento, ruídos externos me fizeram perceber que havia sido descoberto. Olhei pela janela, o exército já havia cercado a área, centenas de soldados priápicos já estavam com suas barracas armadas no local.

Corri, pulei o muro dos fundos que dava para um restaurante de pratos amazônicos. Aproveitei para comer uma piranha e fugi o mais rápido possível.

No caminho, fui alcançado e preso pelos militares. Disse que ia contar tudo que havia visto, mas um general me ameaçou violentamente com uma grande soma em dinheiro numa conta numerada na Suíça. Percebendo a gravidade daquelas palavras, resolvi me calar.

Agora, depois de todos esses anos, tive uma crise de consciência, coincidentemente na mesma época em que o dinheiro suíço acabou. O mundo precisava saber.


arremessado por Mestre Delih 8:48:00 AM |


segunda-feira, 9 de fevereiro de 2004
 

Comentário politicamente incorreto de bolso:

"Ô japonês! Abre teu olho, rapaz!"


arremessado por Giovanna Cantarelli 11:34:00 AM |


 



Azarão mandou divulgar a campanha..



arremessado por Giovanna Cantarelli 9:27:00 AM |


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2004
 

MESTRE DELIH INFORMA

Atenção,

Mestre Delih, o guru das multidões, o motor da sua popa, não está indiferente aos pedidos de continuidade de seu Diário Secreto.

Na verdade, o Darth Vader do sexo passa por maus momentos porque o FBI, a CIA, a Máfia Russa e Associação das Mulheres Virgens de Curralinho estão fazendo de tudo, inclusive felação, para impedir que o final desta incrível história venha a público.

Mas nosso sábio bem dotado informa que já está em contato com seus advogados e com seu terrorista árabe para resolver o problema.


arremessado por Mestre Delih 3:58:00 PM |


quarta-feira, 4 de fevereiro de 2004
 



Mistério, suspense, terror, sacanagem... Mestre Delih, o guru das multidões, abre seu diário secreto e revela as histórias que serviram de inspiração para vários livros de Stephen King, Frederick Forsyth e Carlos Zéfiro.

Mestre Delih em Roswell - Parte I


Em 1948, eu era um andaralho do carilho. Corria o mundo em busca de aventura, conhecimento e umas vagabundas com bundas vagas.

Fui levado pelo destino ao deserto do Novo México, onde corria o boato que um disco voador havia feito um pouso forçado. Rezava a lenda que a Força Aérea Americana havia recolhido o tal OVNI e o escondido num hangar de número 51. Vidente que era da propaganda mundial, achei uma boa idéia investigar o caso de perto depois, é claro, de tomar uma cachaça.

Consegui burlar a inteligência militar distribuindo uns espelhinhos e colares e penetrei com tudo dentro do receptáculo que guardava o aparelho extra-terrestre. Fiquei estupefato, meus olhos se arregalaram e minha boca se abriu de admiração: não tinha porra nenhuma lá dentro.

Ânus mais tarde, já mais velho (mas ainda dando cinco sem tirar), resolvi voltar àquele local, convencido de que havia algo escondido debaixo daquela aparência de normalidade e daquela saia rodada da mocinha que servia café na recepção.

Mais uma vez, burlei a inteligência militar mandando o enigma "Se os reis do Sudão, por que você não?"

Desta vez, entrei mais fundo, explorando todo o tamanho da minha intelectualidade excitada e intumescida pelo mistério que estava por vir. Passei pelo hangar vazio, virei a esquerda na birosca da Tia Naná e cheguei a uma sala de prazeres escusos, que, na realidade, era um laboratório.

Descobri finalmente o que acontecia na verdade...


arremessado por Mestre Delih 10:28:00 PM |


 

ENQUETE *BATE NA MADEIRA TRÊS VEZES* DA SEMANA

Se o cantor Roberto Carlos fosse pobre e frentista de posto de gasolina, ele poderia se dar ao luxo de se negar a abastecer um carro marrom com a placa 1313? E de receber um cheque preenchido com caneta preta?


arremessado por Giovanna Cantarelli 11:31:00 AM |


 



Esses são os Fast Food Rockers. Se você ainda não conhece Lucy, Ria, a bichona louca do Martin e seu mascote Hot Dog, a versão canina do Paul Stanley.. você não sabe o que está perdendo. Aproveite e dê uma olhada no clip "I Love Christmas".
E agora me diz se eles não mereciam uns minutinhos no Gugu?


arremessado por Giovanna Cantarelli 8:06:00 AM |


terça-feira, 3 de fevereiro de 2004
arremessado por Giovanna Cantarelli 10:18:00 PM |


segunda-feira, 2 de fevereiro de 2004
 

Frodo perde o dedo? Ele era torneiro mecânico? Cortou o dedo no torno? Por isso o filme se chama "O ReTORNO do Rei"?



Veja bem.. Na verdade, é tudo uma apologia do movimento da esquerda usando o cinema enquanto captação das grandes massas num discurso eloqüente envolvendo o corporativismo e a relação entre os grandes oligopólios e a estética da fome. Ou não.


arremessado por Giovanna Cantarelli 8:43:00 PM |


domingo, 1 de fevereiro de 2004
 

O Ministério da Conexão Discada adverte: essa animação sobre os males do cigarro é longa e tem som, mas vale a pena.


arremessado por Giovanna Cantarelli 1:00:00 PM |